quinta-feira, 20 de maio de 2010

Angústia

O típico dia em que está tudo errado. Um dia no qual sua alma está desgastada, amarga; e você percebe que as coisas já não merecem mais o seu interesse. Até ao olhar para o lado você percebe que as pessoas estão te encarando de um modo diferente. Risos maliciosos, olhares de reprovação... Você se pergunta se isso é reflexo do seu humor afogado na mais profunda e lamacenta depressão ou se é apenas uma terrível paranóia criada pela sua mente perturbada. Esse tipo de problema deveria ser coisa passageira, principalmente nos adolescentes, que não sabem lidar com os hormônios num carnaval explosivo dentro de seus corpos em desenvolvimento, não é? Mas e se você carrega consigo esses sintomas, ditos normais, há tanto tempo que nem consegue se lembrar de como é ter paz de espírito? Nada soa tão simples quanto deveria ser. Toda essa angústia pode estar muito além de uma casca que aparenta delicadeza e ingenuidade.

4 comentários:

  1. Ah como eu queria me livrar desse tipo de sensação.

    ResponderExcluir
  2. A sensação de angústia que acarreta principalmente tristeza nunca nos deixará enquanto não pararmos de alimentá-los.

    ResponderExcluir
  3. É esse tipo de sensação que todos querem se livrar, descartar, e isso não é nada normal.

    ResponderExcluir
  4. Oi (:
    Adoro o teu blog por isso te indiquei com selo no meu blog.
    Dê uma olhada lá: http://natashaknorst.blogspot.com/

    ResponderExcluir